Prefeitura de São Caetano, USCS e USP iniciam programa de testagem domiciliar contra o coronavírus

In Saúde On
- Updated
Fotos: Eric Romero / PMSCS

Em estratégia de contenção da transmissão do coronavírus, a Prefeitura de São Caetano do Sul inicia nesta segunda-feira (6/4) o programa de testagem domiciliar, aberto exclusivamente aos moradores com sintomas de gripe (febre, tosse, coriza, etc). A iniciativa é uma parceria com o curso de Medicina da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) e com o Instituto de Medicina Tropical da USP (Universidade de São Paulo) – a General Motors do Brasil emprestou 18 carros para a Prefeitura utilizar no programa.

Antes de receber o kit para a auto coleta em casa, o morador deverá registrar os seus dados pessoais e informar os sintomas a qualquer hora no hotsite coronasaocaetano.org ou pelo Disque Coronavírus (0800 774 4002), que funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, e aos sábados, das 8h às 12h.

O cadastro será avaliado e alunos do 5º e do 6º ano do curso de Medicina da USCS ligarão para o morador em no máximo 24h para complementar as informações. Após este atendimento, será decidido se o paciente será monitorado ou se já será enviada equipe para entregar o kit em sua casa.

Antes da visita do aluno e do agente do PSF (Programa Saúde da Família – devidamente identificados e com luvas, máscaras e outros equipamentos de proteção individual), o morador receberá um vídeo explicativo para realizar a auto coleta, que consiste na retirada de secreções das narinas e da garganta por dois cotonetes.

O material coletado será enviado para o Instituto de Medicina Tropical da USP. O resultado estará disponível em até 48 horas.

“Assim temos uma intervenção mais rápida, com diagnóstico precoce, e isolamos o morador com síndrome gripal (que pode ser um indicativo de covid-19), diminuindo a exposição dele a outras pessoas e dos profissionais de Saúde aos riscos de transmissão do vírus”, destaca o prefeito José Auricchio Júnior.

A rede municipal possui 4 mil kits de testes para o programa. “É uma estratégia de contenção da epidemia, baseada em princípios exitosos na Coreia do Sul e no Canadá, e que segue os parâmetros da OMS (Organização Mundial da Saúde), ressalta o professor do curso de Medicina da USCS e infectologista da rede municipal de Saúde, Fábio Leal, um dos coordenadores do projeto. “É uma grande medida para frear a disseminação do coronavírus”, reforça a secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone.

Texto: Mark Ribeiro

[Mensagem cortada]  Exibir toda a mensagem3 anexos

You may also read!

Nove ônibus zero, acessíveis, com ar-condicionado e wi-fi renovam frota do transporte público de São Caetano

São Caetano tem, em primeiro lugar, Tarifa Zero, transporte público gratuito, desde novembro de 2023. E agora, além disso, os

Read More...

Mais de 400 entidades de todo o Estado participam da Audiência Pública promovida pela Deputada Carla Morando e MACF

Mais de 400 entidades participaram da Audiência Pública para discutir o Programa Nota Fiscal Paulista, promovida pela deputada estadual

Read More...

Morando sanciona lei que torna obrigatória presença da GCM nas escolas municipais

Medida pioneira, criada pela Prefeitura de São Bernardo em abril de 2023, visa garantir a segurança na comunidade escolar

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu