São Bernardo promove a 1ª Feira Inclusiva com vagas de emprego e serviços para pessoas com deficiências

In ABCD On

Evento será nesta quinta-feira (21.09) no Ginásio Poliesportivo da Avenida Kennedy, em comemoração ao Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência

Como parte da política de valorização dos direitos da pessoa com deficiência e da luta anticapacitista, a Prefeitura de São Bernardo promove nesta quinta-feira (21.09) a 1ª Feira Inclusiva da cidade, com oferta de vagas exclusivas de emprego e diversos serviços voltados ao público PCD (Pessoas com Deficiência).

Com o lema “São Bernardo abraça o que torna a gente único”, a ação acontece das 8h às 15h no Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib (Avenida Kennedy, 1.155, Parque Anchieta), em comemoração ao Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência.

Vagas exclusivas para PCDs

A feira de empregos com vagas exclusivas para PCDs vai reunir 20 empresas que disponibilizarão cerca de 300 oportunidades de inserção ou recolocação no mercado de trabalho.

As empresas participantes são: Armando Veículos, BK Consultoria e Serviços, Rede D’or, Carrefour, Centro de Integração Empresa e Escola (CIEE), Desafio RH, DHL Logística, Elevadores Otis, Flash Courier, Hospital Santa Marcelina, Magazine Luiza, Construtora Patriani, Siscom, Spam, SPMar, Coop, SSR, Tegma Gestão Logística, Teleperformance e Vila Boa Construções e Serviços.

As vagas são voltadas a quem busca estágio, experiência como aprendiz ou oportunidade efetiva nos mais diversos níveis de escolaridade.

Entre as principais ocupações ofertadas destacam-se farmacêutico, nutricionista clínico, escriturário administrativo, advogado, arquiteto, engenheiro, fiscal, enfermeiro e técnico de enfermagem, além de ajudante de mecânico, ajudante geral, auxiliar e assistente administrativo, estoquista, recepcionista, vendedor, analista jurídico, atendente de call center, operador de caixa, auxiliar logístico, técnico de serviços, assistente operacional, atendente de lanchonete, auxiliar de cozinha, copeiro, entre outros.

“A Prefeitura já atua de forma permanente para atendimento do público com deficiência com serviços de referência, como o CER IV, a nossa rede de nove Caps, o Programa Saúde Acessível, escolas exclusiva e unidades polo para atendimento de alunos surdos e adultos com deficiência intelectual, além de profissionais de apoio à educação inclusiva. Com esse evento, queremos reunir os serviços que este público tem direito, como forma de ampliar essa inserção e conscientizar cada vez mais este público de seus direitos”, destacou, em resumo, o prefeito Orlando Morando.

Fortalecimento de direitos

Mais do que oportunidades no mercado de trabalho, a 1ª Feira Inclusiva de São Bernardo reunirá uma série de serviços para fortalecimento da cidadania e inclusão social das pessoas com deficiência.

Para isso serão disponibilizadas áreas para emissão da Carteira Municipal de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA), que garante prioridade nos atendimentos às pessoas com autismo, do Cartão Nacional Defis, que pode ser usado para estacionamento de veículos que transportem pessoas com mobilidade reduzida em vagas demarcadas no Sistema Eletrônico Controlado (SEC), além do agendamento para emissão do Cartão Legal Especial e do Cartão Top Especial.

Serviços e cidadania

Haverá ainda postos de atendimento do CadÚnico (orientação e agendamento para atendimento) e INSS, serviços de atendimento jurídico, orientação sobre direitos dos autistas no trânsito, despachante especializado em PCD, assessoria para consórcio automotivo PCD, manutenção preventiva de cadeiras de rodas, além de diversos serviços de saúde, como orientações sobre serviços de reabilitação, massagem chinesa e pet terapia.

Interação para crianças

Voltada para o público de todas as idades, a 1ª Feira Inclusiva também vai contar com jogos interativos para o público infantil, oficinas, brinquedos, atividades recreativas. Estarão presentes também atletas paralímpicos.

Acessibilidade

Palco do evento, o Ginásio Poliesportivo será adaptado para garantir a acessibilidade do público com os diferentes tipos de deficiência (física, visual, auditiva, intelectual, psicossocial e a deficiência múltipla).

Serão disponibilizados materiais em sistema braille, intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras), equipe especializada dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e dispositivos de acessibilidade áudio visual.

You may also read!

Prefeitura atende cerca de 200 pessoas no mutirão de prótese odontológica em Diadema

Ação mobilizou, em primeiro lugar, equipe de 50 profissionais de três áreas: Centro de Especialidades Odontológicas, Quarteirão da Saúde

Read More...

Mais de 700 trabalhadores encaminhados para processos seletivos no 3º Feirão do Emprego de Mauá

Apenas uma indústria, no Sertãozinho, selecionou, acima de tudo, mais de 10 currículos de candidatos para entrevistas ao longo

Read More...

AME Mauá reduz pela metade taxa de absenteísmo

Ações de matriciamento e aproximação com a Regulação Municipal causaram queda de 25% para 13% no índice de faltas

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu