Remédio em Casa chega ao Bairro Santa Paula, em São Caetano

In Saúde On
- Updated
Prefeito Auricchio entrega medicamentos ao aposentado Alberto Dias, de 86 anos. Foto de Leticia Teixeira, da PMSCS

A Prefeitura de São Caetano do Sul lançou o Programa Remédio em Casa no Bairro Santa Paula. A iniciativa visa dar mais conforto e facilitar a vida das pessoas por meio da entrega domiciliar de medicamentos, sem a necessidade de o paciente se deslocar até as farmácias da rede municipal. O ato foi realizado quinta-feira (20/2), no CISE (Centro Integrado de Saúde e Educação) da Terceira Idade Dr. Moacyr Rodrigues.

Neste primeiro momento, o Remédio em Casa atenderá cerca de 6 mil moradores cadastrados no Programa Hiperdia (hipertensos e/ou diabéticos), que precisam de medicamentos de uso contínuo – 423 deles do Santa Paula. A iniciativa já está em vigor nos bairros Barcelona, Prosperidade, Boa Vista, São José, Oswaldo Cruz e Olímpico, e chegará a toda a cidade gradativamente.

“Não faz sentido o morador ter de ir atrás de um medicamento que nós já sabemos que ele precisa”, destacou o prefeito José Auricchio Júnior. “Esta é uma ação que visa não só o conforto do paciente, mas, sobretudo, o gerenciamento de doenças crônicas para o seu melhor tratamento.”

A ação chega ao bairro graças à implantação do prontuário eletrônico na UBS Unidade Básica de Saúde) João Bonaparte. O sistema permite identificar, além da data de entrega do medicamento, a quantidade enviada e por quanto tempo o paciente terá o remédio.

Desta forma, quando estiver para acabar, o usuário receberá mais, sem a necessidade de solicitação. “Se faltar, é porque tomou mais do que deveria. Se sobrar, é porque tomou menos”, concluiu a secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone.

As entregas são feitas por quatro motos identificadas do Programa. As caixas contêm remédios para 60 dias de tratamento – é necessária a reavaliação médica a cada seis meses.

Os pacientes com hipertensão arterial e/ou diabetes contemplados pela iniciativa e que precisam de outros medicamentos de uso contínuo (como os de controle do colesterol, por exemplo) também recebem estes itens em casa.

O aposentado Alberto Dias, de 86 anos, recebeu os medicamentos das mãos do prefeito. “Esta é uma iniciativa excelente, que traz conforto e praticidade para a gente, principalmente para nós, idosos”, avaliou sr. Alberto, que recebeu também, em caixa individualizada, os remédios da mulher, Thereza.

You may also read!

Parque do Guapituba ganha melhorias da Prefeitura de Mauá

Número de frequentadores triplicou, acima de tudo, após o início das intervenções realizadas pela administração municipal O Parque Ecológico do

Read More...

Fies: estudantes podem se candidatar a vagas remanescentes a partir de 27 de junho

Inscrições vão até 1º de julho. Processo oferta vagas que restaram da seleção do primeiro semestre nas instituições privadas;

Read More...

Ministro Wellington Dias debate assistência social em São Bernardo com Luiz Fernando

Encontros servem, em primeiro lugar, para preparação do programa de governo da pré-candidatura de Luiz Fernando ao Paço O pré-candidato

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu