Prefeitura de Diadema e SESI vão oferecer formação em futebol a 120 meninas

In ABCD, Canto do Joca, Esportes On

Durante o anúncio da parceria, prefeito José de Filippi Júnior também apresentou a delegação de atletas da cidade para a 66ª edição dos Jogos Regionais, a maior em 20 anos

Parceria firmada entre a Prefeitura de Diadema e o SESI-SP (Serviço Social da Indústria) vai permitir oferecer a 120 meninas de 8 a 15 anos formação esportiva em futebol feminino. O convênio entre as duas instâncias foi anunciado na noite desta quinta-feira, 27 de junho, no Ginásio Ayrton Senna, no Centro. Durante a mesma cerimônia, que teve a presença do prefeito José de Filippi Júnior, foi apresentada a delegação de atletas e equipes técnicas que vai representar Diadema na 66ª edição de Jogos Regionais, que este ano será em São Caetano.

Como explica Mirella De Sena Cagliari, coordenadora de desenvolvimento do futebol feminino do SESI/SP, o convênio para a implementação do Programa Sesi Esporte prevê que a formação das crianças será realizada por professores da Secretaria de Esporte e Lazer de Diadema, que passarão por capacitação e acompanhamento metodológico pela equipe do SESI.

Serão constituídas, inicialmente, quatro turmas de meninas. Duas de manhã: uma voltada a crianças de 8 a 11 anos e outra com alunas de 12 a 15. E mais duas de tarde, com turmas com essas mesmas faixas etárias. As aulas serão realizadas na unidade de Diadema do SESI, que fica na Av. Paranapanema, 1.500, no bairro Taboão.

A criação desses novos polos de futebol feminino no município e o avanço do programa vão culminar, de acordo com Mirella, na participação das pequenas atletas na Liga Sesi de Futebol Feminino, competição interna da instituição.

Mais do que apenas uma escola de futebol, a parceria vai permitir uma formação integral das crianças. “A nossa ideia é, através do futebol feminino, preparar essas meninas para a vida adulta. Pela metodologia que praticamos, procuramos incentivar que elas desenvolvam a confiança e o empoderamento para os desafios que vão enfrentar na sociedade”, afirma Mirella Cagliari.

Ainda segundo a coordenadora, o programa constituído como está – voltado exclusivamente a meninas – nasceu de uma necessidade constatada nas unidades do SESI. “Quando a gente implementa turmas mistas, meninos e meninas, a adesão delas é menor, assim como a permanência. Quando criamos turmas exclusivas, a adesão e a permanência se ampliam. E quanto mais tempo a menina permanece em um programa esportivo, maiores são as oportunidades dela de desenvolvimento”, afirma.

As inscrições para participar do programa já podem ser feitas e, para isso, o responsável legal da criança deve comparecer na sede do SESI de Diadema com RG e CPF da aluna e dele, comprovante de endereço e, se tiver, uma foto 3×4. O dia de início das aulas ainda será anunciado.

Foto: Dino Santos/PMD

Delegação recorde

Diadema vai enviar para a 66ª edição de Jogos Regionais, que acontece de 3 a 13 de julho, além de todo pessoal de apoio, 320 atletas e 80 integrantes das comissões técnicas. A cidade estará representada em 34 modalidades. Essa é maior delegação da cidade nos últimos 20 anos.

Como explica a secretária de Esporte e Lazer, Luciana Avelino, essa grande delegação é ainda mais significativa quando se pensa que, em 2021, no início da atual gestão municipal, Diadema estava representada por apenas quatro equipes. “O evento de hoje é um sonho para todos nós, técnicos, atletas, gestores, e toda a cidade. Diadema é, sim, e cada vez mais, a Cidade Sul-Americana do Esporte. E esse reconhecimento não é à toa: a gente tem o que mostrar e nos tornamos essa potência porque fizemos nossa lição de casa.”

Nessa mesma linha, o prefeito José de Filippi dá sua receita de como fazer sempre mais pela população. “Eu quero dizer, me sentindo já parte desse coletivo, que para governar bem é preciso ousadia e criatividade. É como no esporte, você precisa se desafiar sempre a querer mais. E foi assim que passamos de quatro equipes representando a cidade, em 2021, a 34 agora.”

Para o prefeito, o sucesso de Diadema também se explica pela parceria entre os gestores do esporte e os esportistas. “O papel do gestor é facilitar a vida de vocês, atletas, abrindo as portas, convidando a participar por meio de boas políticas públicas. Mas se vocês não estiverem a fim, não adianta a porta estar aberta. Então, a salva de palmas é para vocês também!”, concluiu o prefeito.

You may also read!

Marcelo Lima repudia racismo e reafirma experiência para buscar mais respeito ao são-bernardenses

Em suas redes, o pré-candidato do Podemos publicou relato da esposa e repudia a discriminação racial Pré-candidato a prefeito de

Read More...

Consumidor do Itapark Velho, Mauá, ganha R$ 1 milhão com a Nota Fiscal Paulista

Entidades assistenciais de Limeira, Araçatuba, São Sebastião, São Paulo e Santos levam prêmio de R$ 100 mil do Programa

Read More...

Morando determina revitalização do Mercado Municipal do Rudge

Ato nesta sexta-feira (12.7) marca o início imediato das obras; investimento é na ordem de R$ 643 mil O prefeito

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu