Semasa começa a contar histórias com tema ambiental de forma presencial

Em Cultura - No dia
- Updated
Foto: Divulgação/Semasa

Com o cenário de pandemia menos mal, autarquia explora atividade em campo para sensibilizar e estimular a reflexão de crianças

A Tuca, contadora de histórias do portal infantil Hendu, saiu de trás das telas e começou, acima de tudo, a apresentar-se presencialmente.

Com a queda de contágios e de internações pelo coronavírus, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vem retomando o trabalho em campo para fazer com que atividades de educação ambiental possam atingir o maior número de crianças.

A primeira apresentação presencial ocorreu neste sábado (16.10) para “lobinhos” do Grupo Escoteiro Jaçatuba, no Parque do mesmo nome.

Consumismo infantil

A personagem Tuca contou uma história que trabalha o tema consumismo infantil.

Quem nunca escutou a famosa frase “todo mundo tem e eu não tenho”?

Baseada nesse pedido incessante, a narrativa abordou sobre uma criança que cobra dos pais os seus desejos e que quer ser “igual a todo mundo”.

“Um dos princípios de trabalhar a educação ambiental é fazer com que as crianças se movimentem, brinquem, tenham contato com a natureza e estímulos à imaginação. A Tuca, ao sair das telas, tem como objetivo proporcionar isso”, explica, em resumo, a criadora e personagem da Tuca, Priscilla Ciarallo, agente ambiental do Semasa.

Criadora e personagem da Tuca, Priscilla Ciarallo, agente ambiental do Semasa.

Responsável pelo portal Hendu, a equipe de educação ambiental do Semasa pretende levar, com o ‘Tuca Visita’, oficinas e bate-papo de contação de histórias para instituições e espaços de Santo André.

Interessados podem entrar em contato com a autarquia em www.semasa.sp.gov.br/hendu.

Por meio da contação de histórias, uma série de habilidades são estimuladas nas crianças.

Por exemplo, o desenvolvimento da linguagem, expressão corporal, oralidade, escrita, imaginação e percepção.

Além disso, trabalha a construção de conhecimentos.

Esta atividade, portanto, é uma importante estratégia de sensibilização ambiental. 

O portal Hendu continuará todo mês com contação de histórias, trazendo sempre reflexões sobre a relação dos seres vivos com o meio ambiente.

Lançada em junho de 2020, a plataforma é destinada, portanto, a crianças de até 12 anos.

Além da sessão Conte uma História, o portal traz uma série de atividades on-line de educação e sensibilização ambiental.

Elas são específicas para cada faixa etária.

O site também traz, em conclusão, informações aos pais, orientando-os sobre a importância e as possíveis formas de mediar as atividades sugeridas.

Você também pode ler!

São Caetano abre inscrições para vagas remanescentes da Educação Infantil para 2022

Iinteressados em vagas de Educação Infantil nas escolas municipais de São Caetano do Sul, em 2022, terão, em primeiro

Read More...

Diocese de Santo André celebra padroeiro e anuncia tríduo anual rumo aos 70 anos de história

Inspirada pelo acolhimento, missionariedade e dinamismo do povo de Deus, a Diocese de Santo André celebrou na noite desta terça-feira (30.11), a

Read More...

Presidido por Márcia Morando, Fundo Social de São Bernardo homenageia empresas parceiras com Selo Solidariedade

Quarta edição reuniu representantes de 87 empresas engajadas nas ações solidárias em 2021 Foi bonita, e acima de tudo necessária,

Read More...

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu