Dia Mundial das Zoonoses: a importância de tratar a saúde humana e animal de forma única

In Canto do Joca On
- Updated

Conscientização e prevenção são palavras-chave no cuidado das famílias multiespécies

Causadas por bactérias, vírus, parasitas, fungos e outros microrganismos, as zoonoses são doenças que podem ser transmitidas dos animais para os seres humanos e vice-versa, de forma direta, através do contato com secreções, mordeduras ou arranhaduras, e indireta, por meio de vetores como insetos e ectoparasitas. Independentemente da gravidade, as zoonoses precisam ser foco de atenção e prevenção para médicos, médicos-veterinários e tutores.

“A proximidade cada vez maior entre humanos e animais é extremamente positiva e grande parte das famílias atualmente são multiespécies, quando o vínculo afetivo é forte e os pets são considerados membros da família. A convivência íntima e os ambientes compartilhados, no entanto, requerem um cuidado maior para garantir a manutenção da saúde dos humanos e dos animais”, comenta o médico-veterinário, Head Latam e Diretor-Geral da VetFamily no Brasil, Henry Berger. O veterinário lembra ainda que a prevenção de zoonoses é um dos pontos mais importantes contemplados no conceito de Saúde Única ou One Health, abordagem que reconhece a interconexão entre saúde humana, animal, vegetal e ambiental e desempenha um papel fundamental na prevenção, detecção e controle dessas doenças.

Prevenida por meio de vacinação, a raiva está entre as mais graves e temidas zoonoses e é transmitida através da mordida de um animal infectado, como cães, gatos ou morcegos. No caso de outra conhecida zoonose, a leptospirose, além da vacinação é necessário garantir higiene adequada da casa e quintal, evitar deixar lixo e alimentos dos animais expostos a fim de não atrair roedores e fazer o controle periódico de pulgas e carrapatos, pois esses parasitas podem servir como hospedeiros intermediários.

Os carrapatos também são potenciais transmissores de doenças que afetam humanos e animais, porém com sinais clínicos e níveis de gravidade diferentes e não transmissíveis de forma direta entre eles, como a febre maculosa, a erliquiose e a doença de Lyme. As pulgas também transmitem a dipilidiose, se ingeridas acidentalmente, o que pode acontecer facilmente com animais e crianças que convivem bem próximas a eles.

O controle de endoparasitas também é essencial, pois transmitem doenças como a toxocaríase, quando crianças pequenas ou mesmo adultos ingerem terra ou areia contaminada por excrementos com ovos de Toxocara canis. O parasita também pode estar presente na água ou vísceras e carnes inadequadamente cozidas. A ancilostomíase é uma infecção intestinal causada pelo contato com fezes contaminadas com vermes do gênero Ancylostoma, o nematódeo mais frequente em cães no Brasil. Já a toxoplasmose, causada pelo protozoário Toxoplasma gondii, é adquirida principalmente pela ingestão de água, frutas, verduras e carnes cruas ou malpassadas contaminadas. Porém, o parasita também pode estar presente nas fezes de gatos infectados e, por isso, medidas preventivas devem ser tomadas e o contato direto com as fezes evitado.

“Os tutores devem seguir sempre a recomendação do médico-veterinário quanto às formas de prevenção e a periodicidade do uso de antipulgas, carrapaticidas e vermífugos. Hoje é possível encontrar alternativas de fácil administração e segurança, como tabletes palatáveis que previnem endo e ectoparasitas em uma única administração”, comenta Berger, lembrando ainda da importância do uso de repelentes e cuidados com o ambiente para evitar picadas de insetos como o mosquito-palha, transmissor da leishmaniose. Cães e gatos não são transmissores diretos da doença para humanos, porém podem ser vetores para contaminação de novos mosquitos.

O cuidado com o ambiente e evitar o acesso dos felinos às ruas são as principais medidas de prevenção da esporotricose, micose causada por fungos presentes no solo, vegetais em decomposição, espinhos e madeira, que pode ser transmitida diretamente pelo contato com o meio contaminado ou por arranhaduras, mordeduras e contato com lesões.

A bordetelose é uma infecção bacteriana altamente contagiosa que afeta o sistema respiratório dos cães e pode ser transmitida para os seres humanos pelo contato direto da boca e/ou focinho e também por contato com secreções contaminadas. Apesar de ter um baixo risco de contaminação, essa zoonose pode afetar imunossuprimidos e idosos com comorbidades.

Prevenção

A vigilância de doenças em animais e humanos, a educação sobre práticas seguras de convivência com animais de estimação, a gestão adequada de resíduos e o desenvolvimento de vacinas e de tratamentos eficazes são fundamentais para o combate a zoonoses e uma responsabilidade pública. Porém, as famílias também têm papel fundamental na prevenção por meio de cuidados e hábitos rotineiros, como a higiene pessoal, dos pets, dos quintais e locais onde vivem os animais; controle de endo e ectoparasitas; vacinação regular conforme orientação do médico-veterinário e oferta de uma dieta balanceada e segura para os animais de estimação.

“É importante que os tutores compreendam a importância de levar seus pets para consultas veterinárias preventivas regularmente, ao menos uma vez ao ano, ou nos primeiros sinais clínicos que o animal apresentar, como forma de detectar precocemente doenças que podem afetar pets e humanos, e também para receber orientações atualizadas sobre formas de prevenção e tratamentos”, alerta Berger. A VetFamily, maior comunidade de clínicas, hospitais e médicos-veterinários do mundo e do Brasil, tem como um dos seus propósitos fomentar o desenvolvimento contínuo e a valorização da profissão do médico-veterinário, promovendo o conhecimento e as boas práticas da Saúde Única.

You may also read!

Reabertura do icônico Cine Lyra marcará início do Festival de Inverno de Paranapiacaba no dia 20

Inaugurado há mais de um século, Cine Lyra foi restaurado; evento será nos dois últimos finais de semana de

Read More...

Mauá: estrutura e tecnologia para tratar esgoto promovem saúde e preservam os córregos e o rio Tamanduateí

Os moradores de Mauá, em ações simples do seu dia a dia, como lavar as mãos e louças, tomar

Read More...

Santo André interdita trechos das ruas Siqueira Campos e General Glicério nesta segunda-feira (15.7)

Departamento de Engenharia de Tráfego vai destacar agentes de trânsito para orientar os motoristas na região central As ruas Siqueira

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu