Governo do Estado debate com prefeitos medidas de combate à pandemia de COVID-19

In Saúde On

Secretários de Desenvolvimento Regional e de Desenvolvimento Social, juntamente com integrantes do Centro de Contingência, reforçaram importância do decreto estadual e sanaram  questões das autoridades municipais

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) realizou na tarde desta sexta-feira (24), no Palácio dos Bandeirantes, videoconferência com dezenas de Prefeitos do Estado. Na ocasião, os Secretários da SDR, Marco Vinholi; Desenvolvimento Social, Célia Parns, e os doutores Júlio Croda e Carlos Magno Fortaleza, do Centro de Contingência da COVID-19, reforçaram a importância de os municípios seguirem o decreto estadual e sanaram algumas questões das autoridades municipais.

A flexibilização do isolamento social foi um dos temas abordados. O secretário Marco Vinholi reiterou a importância da quarentena em todo o estado. “O isolamento social nos trouxe números positivos,  os dados são relevantes, devemos acreditar nos especialistas para sairmos dessa com a maior cautela possível”, afirmou.

Vale lembrar que o Estado iniciou, no último dia 14, as ações educativas para o isolamento social. Inicialmente, são 200 fiscais do Estado envolvidos. As equipes receberão dados do Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo, que funciona em parceria entre o Governo de São Paulo e as principais operadoras de telefonia para localizar pontos de aglomerações urbanas e pedir a dispersão das pessoas para reduzir o risco de contágio da COVID-19.

Quando eventualmente ocorrer a abertura de comercio não essencial, a fiscalização fará advertência ao estabelecimento. Se o proprietário não atender voluntariamente à recomendação, haverá notificação para que órgãos municipais intervenham. A Polícia Militar acompanhará os técnicos da saúde estadual para suporte na ação. Na capital paulista, os técnicos da Coordenadoria em Vigilância em Saúde também farão parte das equipes educativas.

Se o eventual descumprimento do decreto ocorrer por parte da Prefeitura, mediante Decreto Municipal, o Estado também notifica e, em caso de necessidade, recorre ao Ministério Público para intervenção.

“Não cabe aos municípios atuar de forma isolada na adoção de medidas que contrariam o que já foi determinado no decreto estadual. A economia é importante, mas este é o momento de salvar vidas”, esclarece o Secretário Vinholi.

Saúde

Os testes rápidos para detecção do vírus também foram objeto de questão no encontro. O Dr. Júlio Croda lembrou que o Governo Federal já adquiriu muitos testes e em breve eles deverão chegar em São Paulo. Para ele, o modelo de distribuição deve  levar em conta as peculiaridades de cada região.

Além disso, os prefeitos relataram dificuldades na aquisição de insumos hospitalares e equipamentos de proteção individual (EPI’s). O Governo de São Paulo adquiriu junto ao Ministério da Saúde cerca de 800 respiradores e outros que virão do exterior.

You may also read!

Nove ônibus zero, acessíveis, com ar-condicionado e wi-fi renovam frota do transporte público de São Caetano

São Caetano tem, em primeiro lugar, Tarifa Zero, transporte público gratuito, desde novembro de 2023. E agora, além disso, os

Read More...

Mais de 400 entidades de todo o Estado participam da Audiência Pública promovida pela Deputada Carla Morando e MACF

Mais de 400 entidades participaram da Audiência Pública para discutir o Programa Nota Fiscal Paulista, promovida pela deputada estadual

Read More...

Morando sanciona lei que torna obrigatória presença da GCM nas escolas municipais

Medida pioneira, criada pela Prefeitura de São Bernardo em abril de 2023, visa garantir a segurança na comunidade escolar

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu