Diante da pandemia do Covid-19, São Bernardo cria vagas de isolamento para acolher pessoas em situação de rua

In ABCD On
- Updated
Há 42 vagas no Complexo do Estádio 1º de Maio, antes utilizados para o alojamento de atletas e também para abrigar o antigo Gabinete da Secretaria de Esportes. Foto aérea de Gabriel Inamine, da PMSBC

Diante da pandemia do coronavírus em todo o País, a Prefeitura de São Bernardo decidiu aprimorar o atendimento destinado à população em situação de rua da cidade, com medidas preventivas à contaminação do Covid-19. Por meio de ações desenvolvidas pela Secretaria de Assistência Social, a Administração municipal passará a oferecer nos próximos dias 42 vagas em próprio municipal para moradores nessas condições que necessitem de isolamento, por orientação médica. Além disso, efetuará o desmembramento de 20 vagas para pernoite em albergues da cidade, melhorando o distanciamento entre as camas da Casa de Passagem.

A medida autorizada pelo Prefeito de São Bernardo Orlando Morando, integra uma série de ações tomadas pelo Comitê de Combate ao Coronavírus para combater a disseminação do Covid-19. Desde 31 de janeiro, o grupo tem sido responsável por articular a implantação de medidas em todos os setores da Administração, com o objetivo de auxiliar famílias da cidade, diante do enfrentamento da pandemia.

As 42 vagas reservadas para isolamento estarão organizadas em amplos espaços cedidos pela Secretaria de Esportes e pela Secretaria de Cultura, no Complexo do Estádio 1º de Maio, antes utilizados para o alojamento de atletas e também para abrigar o antigo Gabinete da Secretaria de Esportes. A expectativa é de que as vagas sejam liberadas na próxima semana.

As outras 20 vagas de pernoite serão instaladas na próxima semana, em imóvel vago cedido pela Fundação Criança, na Rua Marechal Deodoro, no Centro da cidade. Com essa medida, a Secretaria de Assistência Social garantirá que todas as 150 vagas de pernoite oferecidas pela cidade garantam todas as normas de segurança e higiene como, por exemplo, distanciamento de um metro entre uma cama e outra.

“Com essas adequações, iremos garantir que os moradores em situação de rua de São Bernardo possam ter um espaço seguro para dormir, com condições adequadas de higiene, com todo cuidado necessário e, principalmente, com maior espaço entre um e outro. Neste momento de pandemia, temos reforçado nossa busca ativa por esses moradores para prestar apoio a todos eles”, afirmou o chefe do Executivo.

Além disso, a Prefeitura liberou o uso de mais dois banheiros, totalizando quatro, no Centro Pop, no Complexo situado na Avenida Redenção, 271 – Centro, para que moradores em situação de rua possam intensificar a higienização e tomar banho aos sábados domingos e feriados, das 8h às 13h, com supervisão de agentes da equipe de abordagem de rua e apoio da GCM.

Na Casa de Passagem, foram instaladas duas pias para higienização, logo na entrada principal, além do distanciamento entre as camas e as orientações diárias sobre higiene e prevenção.

Dentro das ações desenvolvidas para atendimento deste público, a Prefeitura de São Bernardo, em parceria com o Estado, também ampliou o atendimento do Bom Prato. Com isso, o serviço vem prestando, desde o dia 4 de abril, com atendimento também aos sábados domingos e feriados, servindo café da manhã, almoço e jantar para moradores em vulnerabilidade no sistema de marmitex e fornecimento de talheres descartáveis. O Bom Prato Dia e Noite faz parte da Política Pública de Segurança Alimentar e Nutricional do Município, vinculada à Secretaria de Assistência Social e implantada há pouco mais de 12 meses.

“Intensificamos  as  abordagens  nos  territórios  com  maior  incidência  de pessoas em situação  de  rua,  visando aprimorar o serviço, com insistente oferta  de  acolhimento, encaminhamentos  à  rede  de  serviços, além das orientações na Casa de Passagem e no Centro Pop sobre higienização e formas de prevenção, através da Rede de Atenção Psicossocial – Consultório na Rua da Secretaria de Saúde, cujos técnicos tem comparecido sistematicamente nos espaços para orientações sobre os cuidados necessários à evitar contaminação” destacou o Secretário de Assistência Social, Carlos Romero.

You may also read!

Marina defende programa Cidades Verdes Resilientes para São Bernardo em ato com Luiz Fernando

Joaquim Alessi Objetiva e prática, a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva (Rede Sustentabilidade), destacou na

Read More...

Há mais de 500 pessoas que podem receber Vale Gás e Vale Supermercado e precisam entregar documentos em São Caetano

Joaquim Alessi O prefeito José Auricchio Júnior lançou um alerta importante na manhã deste sábado (22.6), durante o Inverno Solidário. "Tem

Read More...

Golaço: Auricchio entrega novo campo do Gisela em São Caetano

O prefeito José Auricchio Júnior entregou no início da noite desta sexta-feira (21.6) mais um campo de futebol com

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu