Brasileira Echos desenvolve parceria com o Google News Initiative para fomentar o futuro da indústria jornalística na Ásia e Pacífico

Em Inovação - No dia
- Updated

A operação da Austrália da companhia brasileira Echos, um laboratório de inovação orientado pelo Design Thinking, fechou parceria com a mundial Google no projeto intitulado Google News Initiative Design Accelerator. A iniciativa é voltada para sete grandes grupos de mídia localizados na Ásia e no Pacífico.

De acordo com o CEO da Echos, Carlos Alberto Júlio, o objetivo é desenvolver uma cultura de inovação para estas empresas, permitindo por meio de um denso projeto entregar soluções completas e digitais de serviços e produtos.

O total do investimento do Google no Google News Initiative (GNI) até agora, incluindo a parceria com a Echos, é US$ 300 milhões. Essa colaboração com a empresa brasileira contempla grupos de comunicação como: India Today (Índia), Metro Group (Indonésia), Singapore Press Holdings (Cingapura), Australian Community Media (Austrália), READr (Taiwan), Frontier (Myanmar), e MalaysiaKini (Malásia).

Estratégia de inovação

O grande objetivo do Google com o GNI, que foi iniciado em 2017, é investir em programas de longo prazo em organizações de mídia para elevar a qualidade dos conteúdos jornalísticos (combatendo a desinformação e fake news), repensar o modelo de negócios, buscar novas receitas e trazer tecnologia de ponta. O ponto comum a todos os projetos é colocar a audiência em primeiro lugar.

A parceria com a Echos se deu a partir da percepção que era necessário investir em design, estimulando as empresas a mudarem sua cultura para se tornarem mais inovadoras e desenvolverem novos produtos centrados no usuário. A Echos atua no GNI DA como um Laboratório de Inovação, responsável por desenhar novos futuros desejáveis e acelerar produtos digitais para essas organizações parcerias. As empresas foram escolhidas por meio de uma chamada aberta, junto com o Google.

Novos serviços

Com o Design Accelerator, a Echos ajudou a criar diferentes categorias de produtos digitais para as organizações participantes. Por exemplo: um novo tipo de modelo de classificados; e outro produto voltado para o público mais jovem.

Atualmente, os projetos estão na fase final de desenvolvimento para serem lançados como produtos digitais. Por conta da pandemia da Covid-19, que dificultaram encontros presenciais nos países, as iniciativas avançaram com o auxílio de plataformas digitais. Em cerca de 10 semanas, todos os projetos devem ser lançados ao público.

“A Echos é um laboratório de inovação pioneiro em consultoria de inovação e design no Brasil. É a única instituição de mercado da América Latina reconhecida pela Global Design Thinking Alliance (GDTA) e parceira do GNI na Ásia e Pacífico”, explica Carlos Júlio.

Os projetos como o Design Accelerator da Echos conseguem ser aplicados em outros setores, como o da saúde. Nesta área, podem ser desenvolvidos produtos cada vez mais centrados nos pacientes, com soluções de plataformas digitais ágeis e eficientes, trazendo valor ofertado para os clientes. Outras áreas que podem ser beneficiados são setores como o industrial, automotivo, financeiro, esportivo e turismo. Por conta da pandemia, os eventos esportivos terão que buscar soluções digitais em função da perda do público presencial.

Planos para o Brasil

A parceira com o Google na Ásia e Pacífico está sendo um importante aprendizado para a Echos desenvolver projetos em países que estão em fases diferentes de processo de inovação. Alguns estão em estágio avançado em projetos digitais, mas outros saltaram diretamente do desktop para aplicativos, como a Índia. De acordo com Carlos Júlio, a meta é que o GNI DA também seja desenvolvido junto às empresas brasileiras.

A Echos é referência mundial em Design Thinking e atua com clientes como a Honda, Danone, Discovery Channel, Itaú, MC Donald´s, Australia Post, ESPN Brasil, Porsche, Sodexo, Accor Hotels, Kellog´s. Serasa Experian e Abbott.  A companhia presta serviços de consultoria, desenha e implanta projetos de inovação em serviços, produtos e processos, entre outros.

Você também pode ler!

Lula afirma que ele e São Bernardo precisam de Marinho

“Querido companheiro Luiz Marinho, é um prazer, e eu diria quase que uma obrigação, uma contribuição minha naquilo que

Read More...

São Caetano investe R$ 4 milhões na aquisição de novos equipamentos para Saúde

O prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior, e a Secretária de Saúde, Regina Maura Zetone, realizaram quarta-feira (1/7)

Read More...

Pedroso recebe melhorias durante a quarentena

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento de Santo André) continua trabalhando na manutenção e revitalização do Parque Natural do

Read More...

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu