Tel: 11 4425-5062 | E-mail: contato@abcdreal.com.br




Geral

12/02/2015 | Joaquim Alessi

Tomie Ohtake Monumental


O mundo das artes perdeu uma de suas maiores expoentes, a genial e consagrada artista plástica Tomie Ohtake. Ela morreu às 12h45, aos 101 anos, no Hospital Sírio-Libanês, na Capital, onde encontrava-se internada desde o dia 2. A causa foi choque séptico causado por broncopneumonia. Sua última grande obra está no Paço Municipal de Santo André, instalada em setembro de 2013 por iniciativa histórica do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá, presidido pelo atual secretário do Trabalho da cidade, Cícero Firmino da Silva, o Martinha. A pedido do sindicalista, Tomie criou e conferiu pessoalmente a execução do Monumento ao Trabalhador, com 12 metros de altura e 15 toneladas.

Eterno
Martinha divulgou nota oficial assim que foi noticiada a morte da artista. Com o seguinte teor: “Lamentamos profundamente o falecimento da artista plástica Tomie Ohtake, cuja última obra é o Monumento ao Trabalhador, um marco para o Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá e para a cidade de Santo André. Pessoalmente, tive a satisfação de conhecer uma figura que sempre admirei. Na ocasião, aos 100 anos, a energia com que Tomie Ohtake se entregava a suas obras era extraordinária. Com sua sabedoria, soube entender a sensibilidade dos trabalhadores, traduzida em sua essência no Monumento ao Trabalhador, instalado para sempre no Paço Municipal de Santo André. Cícero Martinha, secretário do Trabalho de Santo André e presidente licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá”.

Luto
Já o prefeito Carlos Grana (PT) decretou luto oficial em Santo André, e a Prefeitura emitiu a seguinte nota oficial: “O prefeito de Santo André, Carlos Grana, decretou na tarde desta quinta-feira (12) luto oficial de três dias pelo falecimento da artista plástica Tomie Ohtake. Nascida no Japão, a artista tinha 101 anos e pelo menos 60 dedicados a uma carreira artística que a credenciou como uma das ‘damas da arte plástica brasileira’, sendo reconhecida como uma das principais autoras do abstracionismo informal. Suas esculturas enormes são atrações em diversos pontos de São Paulo. Em Santo André, ela deixou um de seus últimos trabalhos, batizado como Monumento ao Trabalhador. Entregue em 2013, a peça celebrou os 80 anos do Sindicato dos Metalúrgicos da cidade e fica localizada em área do Paço Municipal.”

Emoção
Em meados de 2013, quando o Monumento ao Trabalhador recebia os últimos retoques e era colocado em pé na SCA Caldeiraria, em Ribeirão Pires, tivemos a oportunidade de acompanhar uma visita de Tomie Ohtake à indústria, onde ela gravou um rápido e emocionado depoimento para o Programa Joaquim Alessi, falando da importância para sua premiadíssima carreira do fato de ter criado um Monumento ao Trabalhador.

Cartão postal
E se a paisagem de São Paulo já tinha ganhado a cara da artista, com suas criações em curvas coloridas de grandes esculturas a ornamentar a avenida 23 de maio, as estações do Metrô Consolação, teto do Auditório do Ibirapuera e muitos outros, sem contar o imponente Instituto Tomie Ohtake, na Zona Oeste, Santo André hoje tem seu cartão postal assinado por ela, com o eterno Monumento ao Trabalhador no Paço Municipal.










Leia a Edição Virtual da Revista ABCD Real