Tel: 11 4425-5062 | E-mail: contato@abcdreal.com.br




Editorial

15/04/2015 |

Frente de lado


O lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Recuperação da Qualidade da Água da Represa Billings superlotou o auditório Teotônio Vilela da Assembleia Legislativa, com vários vereadores de São Bernardo, ambientalistas, estudiosos e líderes comunitários, mas a manifestação de professores em greve em outro espaço do Palácio Nove de Julho fez com que os deputados do ABCD deixassem o ato para engrossar o ato contra o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Teonílio Barba (PT) chegou atrasado, falou rapidamente e voltou ao agito professoral. Foi seguido pelos correligionários Luiz Turco e Luiz Fernando. Apenas Ana do Carmo manteve-se, com cara de quem não gostou de os companheiros terem deixado a frente de lado...

Terceirização
Barba justificou seu atraso a ato da água lembrando que estava com os professores, em greve há 33 dias. E destacou que estava atuando desde muito cedo, mais precisamente desde as 6h30, no protesto dos metalúrgicos contra a lei da terceirização.

Traidores
Em sua fala, Barba, do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, bateu duro no deputado federal Paulo Pereira da Silva (Solidariedade): “O senhor Paulinho da Força, um dos maiores traidores da classe trabalhadora, junto com o senhor Miguel Torres, presidente da Força Sindical, defende esse projeto que rasga a carteira profissional de vez”. Mais adianta, disse: “Pensamos numa greve geral”.

Sem crise
Já Luiz Turco afirmou que o problema “deve ser chamado de falta de água, nada de crise hídrica, que o povão não entende.” Criticou o Estado, e cobrou a presença dos deputados dos outros partidos, ou seja Atila Jacomussi (PC do B) e Vanessa Damo (PMDB), ambos de Mauá, e Orlando Morando (PSDB), de São Bernardo.

Consonâncias
Chega ao ABCD o Projeto Consonâncias Verbais, criação cênica e sonora com o grupo de dança MOS e o Grupo Experimental de Música (GEM), cujos integrantes interagem com o público através da dança, música, fala e escrita. Também oferece oficinas nas cidades. Uma de Dança e a outra de Música e Construção de Instrumentos Sonoros.

Mauá
No ABCD, as apresentações e oficinas serão em Mauá, Diadema, São Bernardo e Santo André. Em Mauá começa hoje, com oficinas das 18h às 21h no CEU das Artes. E a apresentação será amanhã, às 20h, no mesmo local. Em Diadema, no sábado haverá oficinas das 15h30 às 18h30, no Centro Cultural. E apresentação às 20h. Para 17 de maio ficou agendada São Bernardo, com oficinas no Centro Livre de Artes Cênicas (Clac), das 13h às 16h, e apresentação às 19h. Santo André está na agenda de maio, mas a produção ainda espera resposta de confirmação. Todas as atividades são gratuitas.










Leia a Edição Virtual da Revista ABCD Real