Tel: 11 4425-5062 | E-mail: contato@abcdreal.com.br




Economia

26/05/2015 | Joaquim Alessi

CGI regional


A Prefeitura de São Bernardo lançou ontem cedo o Cadastro Geral das Indústrias (CGI). O documento traz informações atualizadas de 1.241 indústrias instaladas no município. No evento, com empresários e líderes, o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC e prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), parabenizou o executivo são-bernardense pela iniciativa, que deverá ser regionalizada com o apoio da Agência.

Associação
“Cada município tem um tipo de vocação industrial. Em Mauá, o setor químico representa cerca de 60% da receita, diferente de outras cidades. Temos de associar regionalmente nossas ações, inclusive com participação das universidades, que têm papel fundamental no processo de formação de profissionais para os todos os setores econômicos do ABCD”, disse Braga.

Perfil
O CGI de São Bernardo, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, por meio do Instituto de Pesquisas da Universidade Municipal de São Caetano (INPES- USCS), traça o perfil industrial da cidade e fornece dados completos sobre empresas cadastradas.

Fomento
Além de ser um guia de informações, o CGI tem por objetivo fomentar negócios na cidade e região. O documento está disponível nas versões impressa e online – que pode ser acessada pelo site www.cgi.saobernardo.sp.gov.br.

Subsetores
O documento lista os subsetores da indústria de São Bernardo, com destaque para metalúrgicas (18,9%), fabricantes de móveis (13,9%) e de alimentos e bebidas (12,9%). O levantamento demonstra que 71,1% das indústrias são microempresas, 21,5% de pequeno porte, 6,2% de médio, e 1,2% grandes. Do total, 35% têm até cinco anos. “Mostra grande dinâmica no processo de abertura de novas empresas”, explicou a professora Maria do Carmo Romero, da USCS.

Insumos
Segundo o CGI, as unidades produtivas de São Bernardo utilizam 786 tipos diferentes de insumos, com destaque para o ferro e aço, colas e adesivos e lâminas de madeira. São produzidos pelas indústrias da cidade 322 diferentes resíduos. A indústria emprega na cidade cerca de 85,9 mil pessoas, com a participação de quase 46,4 mil pessoas nas grandes empresas.

Importância
“O Cadastro é importante não apenas para as prefeituras, mas também para as empresas, universidades, estudantes, investidores e a quem quer conhecer a riqueza e potencia da indústria em nossa cidade”, declarou o prefeito de São Bernardo e vice-presidente do Consórcio Intermunicipal, Luiz Marinho (PT).










Leia a Edição Virtual da Revista ABCD Real