Tel: 11 4425-5062 | E-mail: contato@abcdreal.com.br




Social

09/09/2011 | Redação

Assinado acordo para integrar Guardas Civis Municipais do ABC


Acordo para criação da rede de comunicação integrada entre as Guardas Civis Municipais do Grande ABC foi assinado nesta sexta-feira (09/09), na sede do Consórcio Intermunicipal, em Santo André . A coordenação da rede será realizada pela Prefeitura de São Bernardo do Campo e a solenidade contou com as presenças do secretário de Segurança Urbana, Benedito Mariano, do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, da secretária Nacional de Segurança Pública, Regina de Luca Miki, e dos prefeitos de Diadema, Mauá e Santo André.


 A iniciativa, que será implantada ainda neste mês, foi aprovada em 2010 pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania do Ministério da Justiça (Pronasci) e permitirá a comunicação permanente entre as Guardas Civis Municipais de São Bernardo, Santo André, São Caetano, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires. Entre os benefícios estão o rápido atendimento de ocorrências entre as divisas dos municípios e a ação conjunta das Guardas.


 Para o projeto ser viabilizado, foram instaladas estações repetidoras em todas as cidades, e a Prefeitura de São Bernardo conseguiu junto à Anatel a aprovação e liberação de uma frequência específica de comunicação. "O projeto reforça a cooperação regional, e ele está no espírito da integração, que é característico da região do ABC. Vamos conseguir reforçar o processo de trabalho preventivo e comunitário", afirma o secretário de Segurança Urbana de São Bernardo do Campo. "Para São Bernardo do Campo é uma satisfação muito grande ter sido protagonista desta conquista", completa o secretário.


O ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, elogiou a iniciativa de São Bernardo do Campo. “Esta parceria é muito importante para o Ministério da Justiça e para as políticas de segurança pública. A segurança não é desafio apenas de uma unidade federativa, mas sim de cidades, estados e do País”, afirmou.


Foram doados 65 rádios para cada cidade (50 para Ribeirão Pires), seis computadores e duas impressoras. O projeto foi desenvolvido pela Prefeitura de São Bernardo e gerenciado pela Secretaria de Segurança Urbana, que coordena a Câmara Setorial de Segurança Municipal do Grande ABC e o Grupo de Trabalho de Segurança do Consórcio Intermunicipal. O investimento total no projeto foi de R$ 800 mil, com recursos do Pronasci.


Durante o evento foi realizada ainda a destruição de armas em alusão à Campanha do Desarmamento. “Hoje temos mais de 22 mil armas apreendidas, sendo 40 fuzis e duas submetralhadoras”, disse o ministro Cardozo.


Treinamento – O secretário de Segurança Urbana, Benedito Mariano, afirmou que a cidade enviou ao Ministério da Justiça nesta sexta-feira um projeto para formação integrada de guardas municipais. A iniciativa visa formar novos guardas em um mesmo treinamento no Grande ABC.


Segundo Benedito Mariano, ainda existe a possibilidade de todas as cidades do Grande ABC implantarem portais em suas fronteiras. Eles poderão identificar veículos em situação irregular e atividades suspeitas.


 











Leia a Edição Virtual da Revista ABCD Real